O Projeto


Iniciativa cultural múltipla e consagrada, o Fronteiras do Pensamento há uma década realiza conferências internacionais que servem como plataforma para a criação de vários conteúdos, direcionados aos mais diversos públicos e desenvolvidos em diferentes formatos.

O Fronteiras Educação é o módulo educacional do projeto, e consiste num espaço para dialogar com a Geração Z e os seus professores. Através de fascículos e de aulas especiais, promove bate-papos sobre alguns temas-chave essenciais para compreender o mundo contemporâneo. O objetivo é debater os paradigmas, os problemas e as possibilidades da sociedade atual, apontando para avanços no futuro e construindo uma sociedade em que todos tenham sua dignidade reconhecida, num mundo mais solidário, tolerante e sustentável.

Os encontros, que ocorrem no Salão de Atos da UFRGS, destinam-se aos alunos da rede municipal de ensino de Porto Alegre, a partir da sexta série do ensino fundamental. Com linguagem e recursos apropriados à idade e à visão de mundo do público em questão, as aulas têm duração de duas horas e apresentação do escritor Fabrício Carpinejar e da professora Joana Bosak, trazendo como convidados especialistas nas temáticas. A esta a iniciativa, é acrescida a edição de fascículos didáticos, trabalhando cada uma das temáticas propostas, revisados por consultores acadêmicos de renome e com moderna editoração gráfica, para distribuição aos alunos e professores presentes a cada encontro.

O Fronteiras Educação – Diálogos com a geração Z é realizado há sete anos e, na edição 2016, tem o patrocínio da Braskem e a parceria institucional da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS e da Secretaria Municipal de Educação de Porto Alegre.

E, neste ano, em um desdobramento do projeto, serão também realizados dois encontros do Fronteiras Educação na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS, para alunos do ensino médio das escolas Maristas.

Conheça os fascículos do projeto aqui.