Voltar para Notícias

Compreenda o mundo a partir de 21 ideias: Fronteiras e Arquipélago lançam nova obra

Acaba de ser lançada a obra 21 ideias do Fronteiras do Pensamento para compreender o mundo atual. O novo livro, uma parceria entre Fronteiras e Arquipélago, foi organizado por Fernando Schuler e Eduardo Wolf e apresenta uma seleção criteriosa de trechos de conferências de pensadores que já passaram pelos palcos do projeto.

O objetivo da obra é trazer provocações e reflexões que ampliem o nosso entendimento sobre a contemporaneidade. E o conjunto de textos reunido ganha o reforço de artigos de contextualização, que trazem um panorama da vida e do trabalho desses renomados intelectuais.
 
Da ciência à literatura, da filosofia à tecnologia, da polêmica à convivência: a obra sugere um ponto de vista diferente. Ela aposta na incerteza, no equilíbrio precário de respostas possíveis a grandes perguntas, oferecendo ao leitor ideias que se tornam ferramentas indispensáveis para o debate sobre questões essenciais do mundo e do nosso futuro.

>> Adquira seu exemplar na loja da Arquipélago Editorial (à venda, também, nas principais livrarias!)
>> Adquira a versão ebook na Amazon 

Leia um breve trecho extraído da fala do filósofo Luc Ferry: 

"Ora, o presente é a única dimensão real do tempo: o passado não é mais, é um nada; o futuro não é ainda, é um nada; apenas o presente existe, e nós não estamos jamais nele, estamos sempre no passado ou no futuro, na nostalgia ou na esperança, e não chegamos jamais a habitar o presente. 

Pensemos em Ulisses: durante 20 anos, dez anos de guerra e dez anos de viagem, ele está sempre ou bem na nostalgia de Ítaca, sentindo falta dos tempos passados, ou bem na esperança de Ítaca, esperando para lá um dia voltar — mas ele nunca está no amor de Ítaca. 

Eis a origem da magnífica definição de ‘sábio’ dada por Sêneca e retomada pelo meu amigo e grande filósofo André Comte-Sponville, que escreveu, aliás, vários livros sobre essa bela ideia: o sábio, eis a definição, é ‘Aquele que chega a lamentar um pouco menos, a esperar um pouco menos, e a amar um pouco mais’. Eis precisamente o que Nietzsche chamava de amor fati, amor do fato, amor daquilo que está presente, amor do presente. Têm-se, assim, as duas primeiras condições da vida boa: vencer os medos e viver o presente."


Conheça os conferencistas incluídos no volume: 

Alain de Botton
Amartya Sen
Asne Seierstad
Ayaan Hirsi Ali
Beatriz Sarlo
Camille Paglia
Christopher Hitchens
Edgar Morin
Fernando Savater
Luc Ferry
Manuel Castells
Marcelo Gleiser
Mario Vargas Llosa
Michel Maffesoli
Paul Kennedy
Richard Dawkins
Robert Darnton
Salman Rushdie
Susan Greenfield
Tariq Modood
Zygmunt Bauman