Voltar para Notícias

Zahar lança biografia definitiva de Freud, por Elisabeth Roudinesco

Sigmund Freud na sua época e em nosso tempo, de Elisabeth Roudinesco, chegou às livrarias no final de agosto. Com ares de biografia definitiva, o livro reconstrói a vida do pai da psicanálise através das intensas relações que ele manteve com seus mestres e discípulos, familiares e amigos, além dos pacientes.

A autora teve acesso a novos arquivos abertos pela Biblioteca do Congresso em Washington, e fornece noves insights sobre a vida do homem que mudou para sempre a nossa visão da humanidade e da cultura.

O livro, dividido em quatro partes, narra a vida de um homem ambicioso, oriundo de uma antiga linhagem de negociantes da Galícia oriental, que se dá ao luxo, em uma época de esfacelamento dos impérios centrais, Primeira Guerra Mundial, crise econômica, triunfo do nazismo, de ser um observador atento da espécie animal, um dinamitador das certezas da consciência, mas, também e acima de tudo talvez, um desconstrutor do judaísmo e das identidades comunitárias, aferrado tanto à tradição dos trágicos gregos como à herança do teatro shakespeariano.

A pesquisa meticulosa de Roudinesco revela um Freud que constrói sua época ao mesmo tempo em que é construído por ela:, um Freud intenso, que toca a todos com sua palavra salutar e sua desconstrução das ilusões.

O minucioso trabalho de 592 páginas de Roudinesco é reivindicado como a primeira biografia francesa do personagem, com uma nova abordagem e distanciamento de um Freud definido como um “conservador rebelde" e criador de uma “revolução simbólica" em um movimento que se perpetua. Leia um trecho do livro no site da Editora Zahar



Leia também:
Artigo por Elisabeth Roudinesco: A derrota do sujeito
Entrevista com Roudinesco: "Se a internet é uma droga, é melhor do que antidepressivo"