Voltar para Programação

Calendário

  • Salvador

    2017

    05

    setembro

Graça Machel

Política e ativista pelos direitos humanos moçambicana

Machel é uma das mais importantes ativistas africanas, ligada a organizações sociais para a manutenção dos direitos de mulheres e crianças. Formada em Filologia da língua alemã pela Universidade de Lisboa, atuou como professora e lutou clandestinamente com a Frente de Libertação de Moçambique – Frelimo durante a Luta Armada da Libertação Nacional. Em 1976, casou-se com Samora Machel e se tornou a primeira-dama do país, atuando como ministra da Educação e Cultura no governo moçambicano por 14 anos.

Após a morte do marido, em 1986, seguiu com a atividade política e, em 1990, foi nomeada pela Organização das Nações Unidas para o Estudo do Impacto dos Conflitos Armados na Infância. Em reconhecimento a este trabalho, recebeu em 1995 a Medalha Nansen da ONU. Em 1994, criou a Fundação para o Desenvolvimento da Comunidade, organização não governamental com diversos projetos sociais. Atualmente, também é presidente do Conselho de Administração da Universidade da Cidade do Cabo.

Em 1998, casou-se com Nelson Mandela, o primeiro presidente negro da África do Sul, falecido em 2013. Pelos seus dois casamentos, tornou-se a única pessoa no mundo a ser primeira-dama de mais de uma nação. Machel fundou a Graça Machel Trust, uma organização de direito criada em 2010 e que tem o objetivo de auxiliar mulheres empreendedoras no continente africano. E integra o The Elders, grupo que reúne grandes líderes globais que trabalham em conjunto pela paz e pelos Direitos Humanos.

Graça Machel também é membro do Painel para o Progresso da África (APP), grupo constituído por dez distintas personalidades que defendem o desenvolvimento equitativo e sustentável da África. Entre as suas condecorações recebidas estão o Prêmio Kora Lifetime Achievement e títulos de Doutora Honoris Causa das universidades de Glasgow, Essex, Cape Town e Évora.

Galeria de Fotos

mais fotos

Voltar para Programação