Voltar para vídeos
0 visualizações
Valter Hugo Mãe
Para nos tornarmos Humanidade

Valter Hugo Mãe desconstrói a ideia de “humanidade": para ele, este conceito está menos para uma definição biológica e mais para uma construção cultural. Ele defende, ainda, que a humanidade que construímos em nós difere do bicho que somos. Mãe fala sobre os valores e as atitudes que nos distinguem deste bicho e avalia a importância do coletivo para a criação da humanidade.

Escritor português, premiado por obras como “o remorso de baltazar serapião", Valter Hugo Mãe se destaca pela variedade dos meios de expressão e de temáticas, que podem falar dos pequenos detalhes do cotidiano, dos problemas enfrentados por países nações ou das paisagens da Islândia, combinando uma prosa apurada e histórias marcadas pela emoção. Mãe esteve no Fronteiras em 2015 e 2016.

Fronteiras do Pensamento | Produção Telos Cultural | Produção Audiovisual Okna Produções | Documentário Futuro Imperfeito | Direção Pedro Zimmermann | Edição Pedro Zimmermann | Direção de Produção Gina O´Donnell | Tradução Francesco Settineri e Marina Waquil