Voltar para conferencistas

Mark Lilla

Cientista político e historiador

Lilla é especialista em história intelectual, com foco particular no pensamento político e religioso do Ocidente. Completou sua formação nas universidades Wayne State e de Michigan, e fez seu mestrado na Kennedy School of Government na Universidade de Harvard. Sua trajetória acadêmica e a aproximação dos pensadores conservadores o tornaram reconhecido como um “historiador de ideias”. 

Orientado na dissertação pelo cientista social Daniel Bell, foi indicado, em 1980, para atuar como editor da The Public Interest, publicação reconhecida por suas críticas aos programas sociais. Quatro anos depois, tendo perdido a identificação com a linha editorial, deixou a revista para fazer seu doutorado em Harvard. Depois de lecionar nas universidades de Nova York e de Chicago, passou, em 2007, a lecionar Humanidades na Universidade de Columbia. Colabora, regularmente, para o New York Review of Books e o New York Times

É autor de A mente imprudente – Os intelectuais na atividade política, que traz um perfil de pensadores que fecharam os olhos ao autoritarismo, à brutalidade e ao terrorismo de Estado; e A mente naufragada – Sobre o espírito reacionário, que apresenta o reacionário não como um conservador, mas como uma figura tão radical e moderna quanto o revolucionário. Também escreveu The stillborn God, livro sobre política e religião no Ocidente moderno, não publicado em português. 

Mark Lilla causou polêmica, em 2016, ao assinar um artigo defendendo que a vitória de Donald Trump foi baseada na fixação democrata pela questão da diversidade, pois o partido tornara-se um mero porta-voz dos grupos minoritários que não conversam entre si. Nesse cenário, publicou, em 2017, The once and future liberal, obra que aborda a transformação da sociedade norte-americana nas últimas décadas e que será publicada em 2018 no Brasil.

Galeria de Fotos

mais fotos
Voltar para conferencistas