Voltar para Entrevistas

Oxitocina, a molécula da moral

O que é a molécula da moralidade?
Paul Zak:
É uma substância química presente no cérebro chamada oxitocina. Há 10 anos sabíamos que ela estava relacionada apenas à amamentação, mas hoje já sabemos que ela é liberada tanto pelo homem quanto pela mulher. A oxitocina nos motiva a ajudar outras pessoas, a sermos dignos de confiança e compassivos.

Como se conclui que a molécula da confiança é também a molécula da moral?
Paul Zak: Com medições dos níveis de oxitocina no sangue, conseguimos prever se o sentimento de empatia, que nos conecta a outras pessoas, e nos faz ajudá-las, vai se manifestar num indivíduo em relação àqueles que estão à sua volta. É a empatia que nos faz morais.

Há alguma distinção biológica entre os diferentes tipos de amor?
Paul Zak: Em todos há liberação de oxitocina. No amor romântico, por exemplo, a gente se sente conectado a outra pessoa por causa da oxitocina, mas há outros neuroquímicos envolvidos, como a dopamina.

O que influencia a liberação de oxitocina?
Paul Zak: Genética e ambiente. Pessoas abusadas ou negligenciadas, por exemplo, não têm liberação alguma de oxitocina. Agora se você tem uma infância saudável, tem atenção suficiente dos seus pais e não tem problemas genéticos, você provavelmente estará dentro dos 95% de pessoas que conseguem liberar esse hormônio normalmente.

A reposição de oxitocina pode curar um psicopata?
Paul Zak: Não. Os receptores dos psicopatas aparentam ser disfuncionais. Então, mesmo que se faça a reposição hormonal, eles não vão sentir os efeitos disso. No momento, infelizmente, ainda não conseguimos substituir receptores, embora algumas drogas já estejam sendo desenvolvidas nesse sentido.

É difícil fazer com que meu cérebro libere oxitocina?
Paul Zak: Em vez de um aperto de mão, eu abraço todo mundo. Abraçar libera oxitocina, assim as pessoas se sentirão mais próximas a mim. Um dos inibidores da liberação de oxitocina é o medo. Então, se não sei o que você vai fazer, com o que você se importa, há menos chances de que eu libere oxitocina. Transparência é muito importante. Seja aberto, honesto e não minta.