Voltar para Notícias

65ª edição do Festival de Berlim homenageia Wim Wenders

As ideias que movem o mundo em um único lugar. Cadastre-se e receba mensalmente o melhor do Fronteiras

Cadastrado com sucesso

A 65ª edição do Festival de Berlim, que começou nesta quinta-feira (05), é especial para o diretor alemão Wim Wenders, que receberá um Urso de Ouro honorário pelo conjunto de sua obra.

Seu filme mais recente, o drama em 3D Every thing will be fine (foto), será exibido sem participar da competição principal. Na obra, estrelada por James Franco, Rachel McAdams e Charlotte Gainsbourg, um escritor entra em uma espiral de depressão após matar uma criança acidentalmente.

Com Every thing will be fine (2015), Wenders retorna à ficção após dois documentários, Pina (2011), sobre a coreógrafa Pina Bausch, e O sal da terra (2014), que está concorrendo a melhor documentário no Oscar 2015, sobre o fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado.

O diretor alemão terá uma retrospectiva dentro da Berlinale. Dez de seus longas serão exibidos. Para abrir as homenagens, o Festival escolheu O amigo americano (1977), estrelado por Bruno Ganz e Dennis Hopper. O filme ganhou uma restauração completa em 4K.

Mais seis filmes do diretor serão exibidos em versões restauradas digitalmente pela Fundação Wim Wenders, criada há dois anos, em Düsseldorf. No ano passado, os negativos originais foram escaneados em 4k e processados digitalmente. Entre as obras, está O medo do goleiro diante do pênalti (1972), considerado um marco do Novo Cinema Alemão. O longa-metragem será projetado com uma nova pista sonora remixada.

Em texto publicado no site oficial do festival de Berlim, o diretor Dieter Kosslick argumenta que "Ao dedicar este prêmio para Wim Wenders, nós honramos um dos autores contemporêneos mais notáveis. Seu trabalho multifacetado como realizador, fotógrafo e escritor moldou nossa memória viva do cinema, e continua a inspirar outros cineastas."

Na competição principal pelo Urso de Ouro e de Prata, está o britânico Peter Greenaway, ausente do cinema há vários anos, que retorna com uma proposta de cinema sobre cinema em Eisenstein em Guanajuato (foto), inspirado na visita do cineasta russo ao México. A cerimônia de premiação acontece no dia 14 de fevereiro, último dia do Festival de Berlim. - Assista abaixo ao trailer de O sal da Terra (Wim Wenders, 2014)
- Assista a Peter Greenaway no Fronteiras.com