Voltar para Notícias

Pensando a cultura

As ideias que movem o mundo em um único lugar. Cadastre-se e receba mensalmente o melhor do Fronteiras

Cadastrado com sucesso

Em 2013, o Fronteiras do Pensamento lançou a primeira obra da série Pensar, Pensar a cultura (editora Arquipélago). O livro reúne diversos formatos e linguagens (conferência, entrevista, artigo e ensaio visual) e nomes como Mario Vargas Llosa, Mia Couto, Richard Serra, Tzvetan Todorov, dentre outros, para discutir o que é cultura.

Pensar a cultura e Pensar a filosofia, segundo volume da série, estão à venda no site da Arquipélago. Clique aqui para saber mais sobre os livros.

Abaixo, reunimos alguns vídeos acerca da questão, priorizando o inédito de Richard Serra, considerado o maior escultor da atualidade. Para Serra, a arte preenche uma necessidade sensível do homem, cria um maravilhamento que nos distancia da banalidade. Esta distância do banal, afirma, chama-se cultura. Assista a Richard Serra: Os artistas nos salvam da banalidade do mundo

Para o Nobel de Literatura Mario Vargas Llosa, é urgente repensarmos a cultura, que está se transformando num espetáculo, perdendo sua função de gerar espírito crítico. Llosa concorda com Serra no aspecto do preenchimento. A cultura é, ou deveria ser, aquilo que desperta o homem para algo maior do que ele mesmo: “O que nós criamos através da cultura é algo que falta na vida real, que falta no mundo que vivemos, em nossa existência, para nos completar." Assista à conferência de Mario Vargas Llosa no Fronteiras do Pensamento São Paulo 2013, homônima à sua mais recente obra, A civilização do espetáculo

Carlo Ginzburg, historiador, antropólogo e professor italiano, critica o mercado cultural que, para ele, longe de criar qualidade, tem outros propósitos em vista. Assista a Ginzburg, O lixo cultural e o mercado das artes plásticas