As identidades que somos | Fronteiras do Pensamento
Voltar para vídeos
0 visualizações
Mia Couto
As identidades que somos

A pureza de um povo, a identidade única, a cultura singular. Ideias que não apenas geraram grandes violências na história, mas que hoje, acima de todas as épocas, se tornaram simplesmente impossíveis. Nosso pensamento, nossa nação, até mesmo nossa memória são entidades plurais, defende o moçambicano Mia Couto. 

Mia Couto foi responsável por uma das conferências mais assistidas ao longo destes mais de 10 anos de Fronteiras do Pensamento. E o tema, como não poderia deixar de ser, foi a defesa de um pensamento que crie pontes e não fortalezas. Não deixe de assistir e confira também o artigo exclusivo que o escritor criou para o público do Fronteiras com base em sua fala ao projeto:

Conferência Mia Couto – Repensar o Pensamento

Artigo Mia Couto - www.fronteiras.com/artigos/mia...

Inscreva-se em nosso canal e ative as notificações para ser lembrado dos novos vídeos todas as segundas e quintas-feiras http://bit.ly/FronteirasYouTub...

Mia Couto é um dos principais e mais traduzidos escritores em todo continente africano. Jornalista e biólogo, Couto mescla seus conhecimentos na língua portuguesa e nas ciências biológicas com a vocação para a poesia e o engajamento com a cultura e sociedade de seu país. É autor de obras como “Terra Sonâmbula” e “Sombras na água”. 

Todos os vídeos do canal possuem legendas. Para ativá-las, clique no menu do player.

Fronteiras do Pensamento | Produção Telos Cultural | Produção Audiovisual Okna Produções | Documentário Uma Certa Felicidade | Direção Pedro Isaias Lucas  |  Edição Alfredo Barros | Direção de Produção Gina O’Donnell | Tradução Francesco Settineri e Marina Waquil