Voltar para vídeos
0 visualizações
Mia Couto
Pensei que o mundo fosse poeta
Mia Couto, escritor moçambicano, fala da importância do estímulo literário durante sua infância para se tornar um escritor. Rodeado por poetas em sua família, quando criança sentia que, para ser poeta, era apenas necessário crescer. Assim, aprende que só poderia ser quem era por meio da poesia. Conferencista Fronteiras do Pensamento 2012. Fronteiras do Pensamento | Produção Telos Cultural | Produção Audiovisual Okna Produções | Documentário Nós, eles, os outros | Direção Eduardo Wannmacher | Direção de Produção Ramiro Azevedo | Edição e Finalização Bruno Carboni | Tradução Marina Waquil e Francesco Settineri