Postado em fev. de 2015

Literatura | Cultura | Mulheres Inspiradoras

Condições de trabalho para cobrir guerras

Åsne Seierstad, jornalista e escritora norueguesa, relata a sua experiência de quando viveu no Iraque e tinha que escrever sobre a guerra.


Åsne Seierstad, jornalista e escritora norueguesa, relata a sua experiência de quando viveu no Iraque e tinha que escrever sobre a guerra. Com energia elétrica disponível por apenas 2h a cada dois dias, Åsne confessa que seu “bloqueio criativo" desapareceu com a necessidade. Conferencista do Fronteiras do Pensamento 2007.

Fronteiras do Pensamento | Produção Telos Cultural | Produção Audiovisual V2 | Documentário Arte, Ordem e Caos | Direção Pedro Zimmermann | Montagem Alfredo Barros | Finalização Marcelo Allgayer | Tradução Anderson Morales, Aline Gonçalves Lindner de Oliveira, Natalia Esquivel e Rafaela Rocha

Compartilhe


Asne Seierstad

Asne Seierstad

Jornalista e escritora

Jornalista e escritora norueguesa, atuou como correspondente de guerra em alguns dos principais cenários de combate mundial. Com base em suas experiências, escreveu os best-sellers "O livreiro de Cabul" e "101 dias em Bagd&a
Ver Bio completa