Postado em dez. de 2020

Literatura | História | Mulheres Inspiradoras

Sem Fronteiras

Escritora e jornalista portuguesa, Isabela Figueiredo fala sobre o que nos difere e nos distancia uns dos outros: o poder.


A raça não é uma realidade biológica, conforme aponta a genética moderna. Logo, sabemos que os seres humanos são 99,99% idênticos. Qual traço, então, permitiu que uns grupos considerassem outros grupos inferiores? Esta pergunta foi enviada pelo físico austríaco Fritjof Capra à escritora portuguesa Isabela Figueiredo. Para Isabela, o aspecto bélico da supremacia de uma etnia em relação à outra, independente de qual seja ela, é a resposta. O poder e o domínio estão por trás deste traço primitivo do ser humano.

Sem Fronteiras é uma proposta da temporada 2020 em que um conferencista responde uma pergunta de outro conferencista. 

Compartilhe


Isabela Figueiredo

Isabela Figueiredo

Escritora e jornalista

Escritora e jornalista portuguesa. Uma das mais destacadas autoras da literatura lusófona na atualidade, publicou romances que atingiram sucesso de público e de crítica como Caderno de memórias coloniais e A gorda.
Ver Bio completa