Postado em jan. de 2018

Literatura | Cultura

Permissão para errar

Escritor inglês relata experiência em que a carta de uma leitora o ajudou a corrigir uma inconsistência de contexto em um de seus livros.


Quando um escritor se propõe a fazer uma literatura realista, faz-se necessário um trabalho mais amplo de pesquisa sobre diversos assuntos, para evitar a descrição de situações que não tenham apoio nas leis da natureza, por exemplo. McEwan compartilha sua experiência a partir das inconsistências em que acabou caindo ao longo de sua trajetória como romancista.
 
Inscreva-se em nosso canal e ative as notificações para ser lembrado dos novos vídeos todas as segundas e quintas-feiras http://bit.ly/FronteirasYouTub...
 
Premiado por obras como “Amsterdam” e “Reparação” e “Na praia”, McEwan é um dos mais importantes ficcionistas de sua geração. O escritor inglês defende o romance como gênero responsável por desenvolver no leitor a capacidade de se colocar no lugar de outra pessoa, e enxergar a vida de outra forma.  Conferencista do Fronteiras do Pensamento em 2016.
 
Todos os vídeos do canal possuem legendas. Para ativá-las, clique no menu do player.

Fronteiras do Pensamento | Edição Karina Roman | Finalização Marcelo Allgayer | Tradução Marina Waquil e Francesco Settineri

Compartilhe


Ian McEwan

Ian McEwan

Escritor

Escritor britânico. Premiado autor de Reparação, Amsterdam e Na praia.
Ver Bio completa