Voltar para Notícias

Jovens debatem interação entre tecnologia e meio ambiente no Fronteiras Educação

As ideias que movem o mundo em um único lugar. Cadastre-se e receba mensalmente o melhor do Fronteiras

Cadastrado com sucesso

O Fronteiras Educação segue crescendo! Desta vez, o projeto chegou à cidade de Triunfo, no Rio Grande do Sul.

Nesta quinta-feira (08), os jovens alunos do distrito de Porto Batista se reuniram no Ginásio Municipal para uma aula especial sobre a interação entre meio ambiente e tecnologia.

A partir de conceitos como metabolismo social, economia solidária e ecológica e desenvolvimento sustentável, os estudantes refletiram e dialogaram sobre as facilidades geradas pela inovação tecnológica e o impacto que isso tem na natureza.

O debate contou com a participação da professora convidada Julia Froeder, relações públicas experiente no gerenciamento de projetos sociais e na inovação para o desenvolvimento sustentável, além da historiadora Joana Bosak, sempre presente no Fronteiras Educação.

Com o fascículo desta edição, intitulado O meio ambiente e as melhores práticas, os jovens puderam aprender e levar para a casa as ideias e ações de pensadores e ativistas como Gilles Lipovetsky, que fala sobre consumo e inovação e Vandana Shiva, que ressalta a importância das sementes e da agricultura.

Também, Jan Gehl, que defende o planejamento de cidades para as pessoas, e Jean-Michel Cousteau, que destaca a importância dos mares para o planeta.

>> Faça o download de todos fascículos educacionais

O objetivo do Fronteiras Educação é preparar os jovens para o exercício de uma reflexão ativa sobre os processos de adaptação decorrentes das mudanças do mundo em termos de tecnologia, clima, política e sociedade.

A iniciativa busca estimular os estudantes a absorver e trocar conhecimentos e informações, na certeza de que o diálogo com a sociedade é a única forma de se preparar para viver os desafios do mundo atual.

Os eventos educacionais são voltados para alunos do ensino médio, com linguagem e recursos apropriados à idade e à visão de mundo do público, com duração de 2h, tendo como professores especialistas nas temáticas.

Os fascículos introduzem as ideias dos principais convidados do Fronteiras do Pensamento sobre questões-chave para a compreensão da contemporaneidade.

Vida urbana, arte, inteligência artificial, neurociência, direitos humanos, democracia e tantas outras importantes discussões que já foram debatidas com os jovens nestes anos.

No Rio Grande do Sul, o projeto já foi homenageado com a Medalha Cidade de Porto Alegre, por promover dezenas de grandes encontros com a presença de mais de 40 mil estudantes.

O Fronteiras Educação tem patrocínio da Braskem. Esta edição teve a parceria institucional da Prefeitura de Triunfo.